segunda-feira, 10 de setembro de 2018

CONHEÇA AS UTILIDADES DO ÓLEO DE ABACATE

Uma colher de sopa de óleo de abacate por dia é o suficiente para aproveitar os benefícios dele. Você sabe quais são? Vem comigo que eu conto…
O óleo de abacate é um dos melhores para a saúde entre os vários tipos de óleos funcionais. Pesquisas científicas revelam os efeitos do produto no combate aos problemas cardiovasculares, câncer de próstata e diabetes.
Sua composição traz alto teor de ácido oleico, uma gordura monoinsaturada que atua na redução do LDL, o chamado colesterol ruim, e aumento do HDL, o bom colesterol.
E ainda: óleo de abacate contém beta-sitosterol, que também faz bem ao coração.
Quanto à próstata, existem evidências de que os fitoesterois encontrados no produto possam diminuir o risco de câncer no órgão, auxiliando no tratamento de disfunções como a hipertrofia prostática benigna.
É que o óleo produzido com abacate inibe a ação de uma enzima associada à redução da síntese de testosterona. Assim, evita o desequilíbrio hormonal e previne o aumento da glândula.
No caso dos diabéticos, o beta-sitosterol age no controle da glicemia e insulina, fazendo do óleo de abacate um coadjuvante no controle da doença.

Conheça mais benefícios do óleo de abacate
oleo-abacate
• Melhora a imunidade – graças aos seus lipídios, vitaminas, ômegas e antioxidantes que aumentam a produção de células de defesa;
• Ajuda a tratar infecções e enfermidades como o HIV;
• Auxilia na prevenção de problemas nos olhos (degeneração macular e catarata, entre outros), pois contém antioxidantes e vitamina A;
Inibe a formação dos radicais livres porque traz alto teor de vitamina E, colaborando com a redução dos sinais do envelhecimento;
• Ajuda a controlar a produção do hormônio cortisol, ligado à compulsão alimentar e ao acúmulo de gordura no abdômen;
• Protege o organismo da aterosclerose;
• Potencializa a absorção de betacaroteno, um pigmento antioxidante que é precursor da vitamina A;
• Possui menor quantidade de Ômega-6 que a maioria dos óleos vegetais. O Ômega- 6 em excesso é capaz de provocar inflamações e problemas cardíacos;
• Regula a pressão sanguínea, de acordo com estudo publicado em 2005 no Journal of Ethnopharmacology.

Sobre o cortisol, é importante dizer que altas concentrações deste hormônio podem diminuir o metabolismo, aumentar a retenção de líquidos e o apetite.
O óleo fabricado a partir do abacate reduz a concentração de cortisol porque acentua o efeito da glutationa. Esta substância naturalmente encontrada em nosso organismo é fundamental para regular os níveis desse hormônio.
Outra vantagem da glutationa é que ela tem capacidade de ligação com as toxinas e facilita a eliminação delas pelo corpo. Isto é, possui efeito desintoxicante, colaborando para o bom funcionamento das células.

Aliado da boa forma, o óleo de abacate ajuda a perder peso também devido ao poderoso beta-sitosterol. Ele tem poder de associação às gorduras saturadas de outros alimentos, freando a absorção delas pelo corpo.

A manutenção do peso corporal acontece, ainda, por meio do controle da glicemia. Com isso, são inibidas as variações bruscas nos níveis de açúcar no sangue, que muitas vezes provocam a sensação de fome.

E outra notícia bacana é que o óleo de abacate não perde suas propriedades quando aquecido. Ou seja, além do consumo puro, em molhos para saladas, serve para refogar alimentos.

Viu quantos pontos positivos o óleo de abacate possui e o que o alimento pode fazer por seu bem-estar e beleza? Uma prova de que manter a forma e a saúde muitas vezes depende de hábitos mais simples do que a gente imagina. Como tomar uma colher de chá de óleo de abacate por dia…

Nenhum comentário: