terça-feira, 21 de agosto de 2018

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE ARGAN

Conhecido também como óleo marroquino, o óleo de argan é obtido da extração da Argânia, árvore encontrada apenas no sul do Marrocos, daí vem o nome. Por isso, este é um óleo raro, e como já é de se imaginar, suas propriedades são superespeciais e benéficas.
Atualmente, este óleo tem sido muito usado para tratamentos do cabelo e da pele. Com auxílio da fitoterapeuta Eliza Harada, conheça um pouco mais dos benefícios e das formas de consumo do óleo de argan.

Benefícios do óleo de argan
Rico em nutrientes, com alta propriedade hidratante e antioxidante, o óleo de argan possui vários benefícios para os cabelos, pele e até para os lábios e unhas. Além disso, seu uso interno também pode propiciar outros efeitos benéficos para nosso organismo. Veja só:

1. Benefícios para a pele
Por sua alta capacidade antioxidante, o óleo de argan estimula a regeneração celular, o que contribui para o tratamento da pele na prevenção do envelhecimento precoce. Atua na cicatrização e melhora a saúde e a aparência da pele, proporcionando uma hidratação profunda.

2. Benefícios para os cabelos
Rico em vitamina E, este óleo tem o poder de rejuvenescer os cabelos, protegendo os folículos capilares e aumentando o brilho. A fitoterapeuta Eliza ressalta que o óleo de argan revitaliza o couro cabeludo e é um ótimo aliado para tratar as indesejáveis pontas duplas, evitando o ressecamento dos fios.

3. Benefícios para as unhas e lábios
O óleo de argan possui propriedades antibacterianas, o que auxilia na proteção de infecções. Além de melhorar sua aparência e coloração, ajuda no fortalecimento da unha. Pode ser usado também como hidratante labial, pois suas propriedades emolientes evitam o ressecamento.


4. Benefícios para o organismo
De acordo com Eliza, o óleo de argan também pode ser ingerido, trazendo diversos benefícios como o controle do colesterol ruim e melhora o sistema digestivo. Ele pode ser ingerido em cápsulas ou em sua forma líquida.
Para extrair todos estes benefícios do óleo de argan, é ideal que ele se apresente na forma pura, extravirgem, preferencialmente. Nos cosméticos, ele geralmente vem acompanhado de outros elementos e nem sempre de forma pura, mas ainda assim é possível obter um pouco dos seus benefícios. Vejamos qual é a melhor forma de consumi-lo conforme cada finalidade.

Como usar o óleo de argan?
Como o óleo de argan possui benefícios tanto se usados interna ou externamente, suas formas de consumo variam para cada objetivo. Eliza comenta que o processo de extração do óleo comestível é diferente daquele usado para finalidades cosméticas. Por isso, devemos saber qual forma consumir de acordo com cada especificidade.
Óleo extravirgem: pode ser utilizado na pele, junto a algum hidratante ou apenas ele. Nas unhas e nos lábios, poucas gotas já fazem um efeito ótimo. Nos cabelos pode ser utilizado junto a máscaras de hidratação.
Via oral: encontrado em cápsulas manipuladas, conforme recomendação médica, ou na sua forma extravirgem, encontrada em lojas de produtos naturais. Geralmente recomenda-se duas colheres de café diariamente, para se obter os benefícios para o nosso organismo.
Em cosméticos: nos cosméticos, o óleo de argan faz parte da composição do produto, e as recomendações de uso já vem contidas no rótulo. Existe uma variedade de produtos com óleo de argan no mercado, para agradar a gostos e também objetivos.
A fitoterapeuta ressalta a importância dos cuidados da utilização do óleo de argan. Cada forma de consumo visa uma finalidade, e para alguns organismos, pode não funcionar. Vejamos as contraindicações:

Contraindicações
Por se tratar de um óleo natural, não existem efeitos colaterais muitos danosos. Porém, o seu uso não é recomendado em casos de cabelos e pele muito oleosos, conforme explica Eliza, pois o excesso de oleosidade pode obstruir os poros.
No caso da ingestão do óleo, é ideal que seja recomendado por um médico ou profissional capacitado, para que se verifique se o organismo realmente pode ingerir tal substância.
Para os cosméticos, é preciso que os demais componentes contidos neste produto sejam compatíveis com o tipo de pele, para que não surjam irritações.

Nenhum comentário: