quarta-feira, 15 de agosto de 2018

CONFIRA AGORA COMO GARANTIR UMA DEPILAÇÃO PERFEITA

Independentemente do processo de depilação escolhido - lâmina de barbear, barbeador elétrico, cera quente ou fria ou creme depilatório - o encravamento dos pelos, as manchas e as temíveis irritações acontecem na maioria dos casos. Por isso, confira, a seguir, alguns cuidados e dicas para acertar na remoção dos fios.
Esfoliação antes da depilação
O ritual da depilação começa bem antes da retirada dos fios. Por isso, o ideal é fazer uma leve esfoliação na pele com movimentos circulares suaves para remover as células mortas e combater os pelos encravados. 

Não é aconselhável esfoliar da área a ser depilada poucos dias antes do procedimento, pois isso pode deixar a pele mais sensível, favorecendo o surgimento de manchas pós-depilação. Por isso, a recomendação é usar esfoliantes uma semana antes da remoção dos fios.
Tome um banho antes
O banho com água morna ajuda a abrir os poros da pele e faz com que os pelos saiam com mais facilidade e menos dor, além de o risco de infecções ser menor.
Hidratar é fundamental
Depilar uma pele que não esteja hidratada pode favorecer o encravamento dos fios e o ressecamento da cútis. Por isso aposte em cremes hidratantes específicos para cada tipo de pele até uma hora antes do procedimento. Além disso, é importante ficar de olho nas reações da pele, pois algumas substâncias presentes nos produtos podem provocar irritações.
Atenção aos movimentos
Durante a retirada dos pelinhos com a lâmina de barbear, os movimentos devem ser feitos no sentido contrário ao crescimento do pelo para evitar o movimento de "vai-e-vem" que irrita a pele. Além disso, é preciso usar creme de barbear na região ou algum produto específico para facilitar o deslizar da lâmina.

Se a depilação for com cera, quente ou fria, a única objeção é não reaproveitar as ceras, isso evita infecções e o aparecimento dos pelos encravados. Com os cremes depilatórios deve-se apenas passar o produto e esperar os pelos caírem. O depilador elétrico, por sua vez, não pode ser passado muito rápido nem muito lentamente para evitar a quebra do pelo, uma das causas da foliculite.
Nada de sol
Com o fim do processo de remoção dos fios, o cuidado principal é evitar o sol, pois o contato direto dos raios ultravioleta com a pele favorece o surgimento de manchas e tende a deixar a cútis mais ressecada. O sol deve ser evitado por, pelo menos, três dias. Depois desse prazo, as mulheres podem frequentar as praias com protetor solar de fator 30. 
Acalmar a pele
Logo após o ritual, a pele deve ser revitalizada para superar o processo traumático da depilação. A dica é apostar em produtos feitos à base de substância calmantes, como camomila, Aloe vera e corticoides. As famosas compressas frias feitas com chá de camomila ou água termal são bem eficazes. Nas axilas, onde a ardência é maior, também vale a pena passar uma loção hidratante ou em gel sem álcool.







Nenhum comentário: